Horto de Tupi recebe espetáculos de dança no sábado, 25/05

Horto de Tupi recebe espetáculos de dança no sábado, 25/05Horto de Tupi recebe espetáculos de dança no sábado, 25/05

SIMAP em AÇÃO






Secretário:



A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E MEIO AMBIENTE DE PIRACICABA (SIMAP), vem executando diversas obras e melhorias visando maior conforto e opções de lazer para população de nossa cidade.





DESTAQUE








23/05/2024

Horto de Tupi recebe espetáculos de dança no sábado, 25/05


Atividade gratuita terá apresentação da Companhia Estável de Dança de Piracicaba e de escolas convidadas

Por CCS / Publicado em 22/05/2024


A Prefeitura, por meio das secretarias da Ação Cultural (Semac) e de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), promove neste sábado, 25/05, às 9h, no Horto de Tupi, o evento Dança no Horto, em parceria com a Companhia Estável de Dança de Piracicaba (Cedan), Instituto de Pesquisas Ambientais do Estado de São Paulo (IPA), Fundação Florestal e Laboratório de Educação e Política Ambiental (Oca/Esalq). A ação, que integra o programa Vem Pro Horto, é aberta ao público e terá ônibus gratuito (leia abaixo).

No Horto de Tupi, a Cedan apresentará o balé Passo a Passo, que demonstra a rotina diária de um bailarino de Camilla Pupa, a diretora da companhia, e também a coreografia Sinfonia de Uma Jornada, uma montagem de Juliana Tarumoto com música de Heitor Villa-Lobos, criada especialmente para a Cedan.

Sinfonia da Uma Jornada é uma coreografia de dança contemporânea a partir da obra O Trenzinho do Caipira de Heitor Villa-Lobos, conta Camila. A coreografia explora trajetórias e caminhos rumo ao novo, uma jornada ao desconhecido.

"É importante levar a dança para espaços diferentes, principalmente junto à natureza e atrair novos olhares", destaca a diretora da Cedan.

O Dança no Horto ainda contará com apresentações de escolas de dança de Piracicaba, convidadas pela Cedan para participar do evento. As escolas convidadas, que contemplam diversos estilos de dança, são Studio de Danças Elisângela Fraga, Josiany Shimla Danças Orientais, Casa do Hip Hop, Ballet Piracicabano e Ana Magagnin.

Para Maria Luísa Bonazzi Palmieri, especialista ambiental do IPA, o evento complementa a agenda educacional e ambiental do programa Vem Pro Horto. "Convidamos toda a comunidade a prestigiar as apresentações de dança que vão tornar a nossa manhã de sábado no Horto de Tupi muito especial. A cultura e o meio ambiente andam junto".

"Proporcionar espetáculos artísticos no Horto de Tupi é uma importante oportunidade de aproximar as pessoas da arte, cultura e da natureza, criando outros olhares sobre as belezas naturais presentes na unidade e da própria relação das pessoas com o espaço", acrescenta o educador ambiental da Simap, Bruno Fernandes.

ÔNIBUS - Todas as edições do programa Vem Pro Horto contam com ônibus gratuito, por meio do apoio e parceria da Secretaria de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran) e TUPi Transporte. Para o dia 25/05, o ônibus sairá da plataforma B03 do Terminal Central de Integração (TCI), às 7h50, com possibilidade de os interessados embarcarem em qualquer ponto de ônibus urbano durante o trajeto. O retorno a partir do Horto será às 12h. O itinerário está disponível no site da TUPi (linha 221 ? Horto de Tupi): https://www.tupitransporte.com.br/linhas-e-horarios.

SERVIÇO - Dança no Horto. Sábado, 25/05, às 9h, no Horto de Tupi. Rodovia Luiz de Queiroz, Km 149. Classificação livre. Entrada gratuita. Informações: 3403-2600.


22/05/2024

Coleta Seletiva: Simap apresenta plataforma para cadastro de empresas e condomínios


O cadastramento é obrigatório e objetiva a melhora e disciplina dos serviços no município

Por CCS / Publicado em 22/05/2024

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) apresentou hoje, 22/05, uma nova plataforma do sistema de coleta seletiva, para cadastro de condomínios residenciais e comerciais, empreendimentos e empresas de Piracicaba que geram até 200 litros por dia de materiais recicláveis. O cadastramento é obrigatório e tem base na Lei Complementar 441/22, de autoria do Executivo, que introduz alterações à Lei Complementar nº 251/2010 (consolidação da legislação de meio ambiente), a fim de disciplinar o sistema de coleta seletiva nesses locais. A apresentação aconteceu no anfiteatro do Centro Cívico.

A diretora do Departamento de Controle Ambiental da Simap, Celise de Oliveira Romanini, foi quem coordenou a reunião, em conjunto com a fiscal de serviços públicos da pasta, Carina Detoni de Rezende, e a auxiliar administrativa, Adriana Aparecida da Silva. "Por meio desse sistema online conseguiremos ter dados e monitorar como os geradores estão trabalhando os resíduos recicláveis, assim como viabilizar a rastreabilidade da destinação desse material. Dessa forma, será possível aumentar a coleta seletiva, monitorar o fluxo do material reciclável e diminuir os casos de descarte irregular na cidade", salientou Celise.

O objetivo é controlar, por meio do sistema de cadastramento, o fluxo de reutilização desses materiais, como forma de evitar qualquer descarte irregular em vias ou logradouros públicos da cidade, viabilizando a preservação e a sustentabilidade. Além disso, também visa disciplinar minimamente a coleta seletiva de resíduos sólidos.

De acordo com a Lei, os condomínios e empresas deverão obrigatoriamente proceder à seleção do lixo e dos detritos por eles produzidos e ao cadastramento no sistema, que está disponibilizado no site da Prefeitura pelo link https://piracicaba.sp.gov.br/servicos/coleta-seletiva-materiais-reciclaveis/. Os transportadores e os receptores também devem fazer cadastro. A fiscalização e regulamentação dos aspectos do LC serão de responsabilidade da Simap.

Na plataforma, há todas as informações sobre a LC 441/22, bem como o passo a passo para a realização do cadastro. O não cadastramento pode gerar notificação e multa.

A LC versa ainda que os estabelecimentos deverão dispor, em suas dependências, de lixeira de armazenamento para recicláveis e orgânicos, cada uma com sua respectiva identificação. Nos casos dos condomínios residenciais ou comerciais, caberá ao síndico e/ou administrador a responsabilidade da implantação da lixeira, conforme legislação vigente.

A coleta dos resíduos será feita com frequência máxima semanal, incorrendo a empresa ou o coletor em infração, caso haja desrespeito a essa temporalidade. A programação da coleta seletiva consta também no site.

Além da empresa contratada pela municipalidade, os condomínios poderão celebrar convênios e/ou parcerias com entidades, empresas, cooperativas, associações ou pequenos catadores, para fazer a coleta seletiva e dar a destinação do resíduo reciclável selecionado, desde que os coletores estejam inscritos e regularizados junto ao sistema disponibilizado no site da Prefeitura Municipal.

Já os receptores dos recicláveis recolhidos poderão recebê-los desde que estejam inscritos e regularizados junto à Simap, possuindo as devidas licenças ambientais cabíveis. Também é permitido aos receptores o recebimento diretamente do gerador, desde que ocorra o cadastramento no Sistema de Coleta Seletiva.

O síndico ou o administrador do condomínio residencial e comercial, gerente dos empreendimentos geradores e pessoa jurídica estabelecida no local, bem como seu responsável legal são responsáveis pelo cadastramento no Sistema de Coleta Seletiva, pelas informações prestadas e pelo destino do material coletado.

A coleta seletiva, conforme a Lei Complementar, é um dos instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei Federal nº 12.305/20210, e contribui de forma relevante para a diminuição da extração dos recursos naturais, utilizando a reciclagem dos materiais que são coletados pelos catadores, para a confecção de novos materiais, com um custo menor para o consumidor final.

Consideram-se materiais recicláveis: papéis, plásticos, vidros, metais e óleo de cozinha usado; o acondicionamento desses resíduos recicláveis deverá ser feito separado do não reciclável, que são papel higiênico usado, fraldas descartáveis usadas, restos de alimentos e demais resíduos orgânicos. Acondicionar recicláveis em contato com resíduos sólidos orgânicos implicará em multa.


21/05/2024

Simap lança plataforma de cadastro para coleta seletiva


Evento será amanhã, 22/05, às 14h30, no anfiteatro do Centro Cívico, e é direcionado a condomínios residenciais, comerciais, empreendimentos e empresas geradoras de até 200 litros/dia de material reciclável

Por CCS / Publicado em 21/05/2024

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) realiza amanhã, 22/05, às 14h30, no Anfiteatro do Centro Cívico, o lançamento de nova plataforma de cadastro da coleta seletiva. O evento é aberto (não é preciso fazer cadastro) e direcionado para condomínios residenciais, comerciais, empreendimentos e empresas geradoras de até 200 litros por dia de material reciclável.

Em dezembro de 2022, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei complementar 14/22, de autoria do Executivo, que introduz alterações à Lei Complementar nº 251/2010 (consolidação da legislação de meio ambiente), a fim de disciplinar o sistema de coleta seletiva nos condomínios residenciais e comerciais, empreendimentos e empresas geradoras de até 200 litros por dia de materiais recicláveis de Piracicaba.

De acordo com a lei, os condomínios e empresas deverão obrigatoriamente proceder à seleção do lixo e dos detritos por eles produzidos e ao cadastramento em sistema que será disponibilizado no site da Prefeitura. A fiscalização e regulamentação dos aspectos da lei serão de responsabilidade da Simap.

Consideram-se materiais recicláveis: papéis, plásticos, vidros, metais e óleo de cozinha usado; o acondicionamento desses resíduos recicláveis deverá ser feito separado do não reciclável, que são papel higiênico usado, fraldas descartáveis usadas, restos de alimentos e demais resíduos orgânicos. Acondicionar recicláveis em contato com resíduos sólidos orgânicos implicará em multa.


10/05/2024

Dia das Mães: cemitérios municipais devem receber 30 mil pessoas


Horário de funcionamento dos cemitérios foi ampliado e será das 7 às 18h, no sábado, 11/5, e domingo, 12/5

Por CCS / Publicado em 09/05/2024

Considerada uma das datas com mais visitas no ano, o Dia das Mães, comemorado domingo, 12/05, deverá atrair em torno de 30 mil pessoas aos cemitérios municipais da Saudade, Vila Rezende e Ibitiruna, de acordo com estimativas da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), que administra os espaços. Embora o movimento nos cemitérios comece na semana que antecede o Dia das Mães, o maior número de visitantes deve se concentrar no sábado, 11/5, e domingo, 12/5. O Dia das Mães é considerado a segunda data com maior número de visitantes aos cemitérios, perdendo somente para o Finados.

Para receber os visitantes, a Simap ampliou o horário de funcionamento dos cemitérios, tanto na véspera como no Dia das Mães, que vai das 7h às 18h. Não haverá missa. A limpeza dos túmulos estará liberada no Dia das Mães, com exceção de pintura e reforma de grande porte, em face do grande fluxo de pessoas.

No intuito de facilitar o acesso das pessoas, todos os portões do Cemitério da Saudade estarão abertos. Além do portão principal, serão abertos os portões que ficam na avenida Independência, 2.200 e 2.400, o da rua Dr. Coriolano Ferraz do Amaral, 343, e o da avenida Piracicamirim, 2.201, este para acesso de cadeirantes. O acesso para o cemitério da Vila Rezende é pela avenida Marechal Costa e Silva, 44, Jardim Primavera.

MOBILIZAÇÃO - Para receber os visitantes, as secretarias mobilizam equipes nos cemitérios municipais. O comércio ambulante atuará seguindo as orientações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur). Seis ambulantes estarão autorizados a trabalhar no Cemitério da Saudade e cinco no Cemitério da Vila Rezende, somente para venda de flores e vasos de flores. A fiscalização é da Guarda Civil Metropolitana, com acompanhamento da Semdettur para fiscalização de ambulantes no entorno.

Os agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade Viária, Trânsito e Transportes (Semuttran) farão monitoramento nos três cemitérios, com atenção especial na travessia do Cemitério da Saudade, local onde concentra maior fluxo de veículos e pedestres. A Guarda Civil Metropolitana manterá viaturas de patrulhamento preventivo.

A Secretaria de Obras e Zeladoria (Semozel) está cuidando do corte de mato no cemitério da Vila Rezende e da Saudade, serviços que devem estar concluídos até sexta-feira, 10/5.


O Semae instalará na sexta-feira, 10/5, dois bebedouros de água, sendo um no Cemitério da Saudade e outro no da Vila Rezende.

DESINSETIZAÇÃO - As equipes do Plano Municipal de Combate ao Aedes (PMCA), do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria de Saúde, reforça que os cemitérios municipais passam por processo de desinsetização e desratização duas vezes ao ano para evitar que animais peçonhentos apareçam e causem acidentes, sendo a última ação realizada em 29/04/24. No caso dos cemitérios a preocupação é com os escorpiões que se alimentam de pequeno insetos, principalmente baratas, por isso, esta ação acontece nos cemitérios da Saudade e da Vila Rezende. Além disso, também está na rotina das equipes fazer este trabalho em bueiros e bocas-de-lobo nas ruas próximas dos cemitérios, assim, evitando que o escorpião tenha alimento fácil e evitando, ao máximo, a sua procriação.



07/05/2024

Infraestrutura e Meio Ambiente terá novo secretário


Titular da Pasta anunciou hoje, 06/05, sua saída para seguir com projetos pessoais

Por CCS / Publicado em 06/05/2024

Alex Gama Salvaia pediu hoje, 06/05, exoneração do cargo de secretário municipal de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap). Ele deixa a função para seguir com projetos pessoais. A exoneração foi publicada hoje no Diário Oficial. Um novo nome para o cargo será anunciado em breve.

O prefeito Luciano Almeida agradeceu Salvaia pelos serviços prestados à frente da Pasta, que ele assumiu em junho de 2021. "A Simap é uma das secretarias mais importantes da Administração e agradeço ao Alex pelo tempo dedicado às questões ambientais nestes três anos à frente da Pasta", disse.


25/04/2024

Arborização: em três anos, Prefeitura plantou quase 24 mil árvores somente na área urbana


Dados compilados consideram os plantios feitos em calçadas e áreas verdes dentro do perímetro urbano do município

Por CCS / Publicado em 24/04/2024

Durante o período de 2021 a 2023, a Prefeitura de Piracicaba plantou 23.991 mudas de árvores nativas dentro do perímetro urbano do município, considerando apenas plantios feitos em calçadas e áreas verdes. O balanço, realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), apresentou um crescimento de aproximadamente 35% em comparação aos quatro anos anteriores a esta gestão, ou seja, de 2017 a 2020.

De acordo com os dados da Simap, em 2021 foram plantadas 4.542 árvores, sendo 409 na região central, 2.088 na região norte, 364 na região sul, 1.181 na região leste e 500 na região oeste.

Em 2022 foram plantadas 5.712 árvores, um aumento de 25% em relação ao ano anterior, sendo 856 na região central, 2.341 na região norte, 514 na região sul, 1.313 na região leste e 688 na região oeste.

Já em 2023 foram plantadas 13.737 árvores na área urbana, um aumento de 140% em relação ao ano anterior, sendo 280 na região central, 7.149 na região norte, 2.041 na região sul, 3.282 na região leste e 985 na região oeste.

Para efeitos comparativos, no período de 2017 a 2020, foram plantadas 17.724 árvores, sendo: 5.438 em 2017; 5.875 em 2018; 3.156 em 2019; e 3.255 em 2020.

"Essas ações e esforços são resultados de uma análise macro da gestão arbórea da cidade, o que nos garantiu o reconhecimento como Cidade Árvore do Mundo, pela ONU, no início de 2024", destacou Alex Gama Salvaia, titular da Simap.

SUPRESSÕES - Salvaia ainda explicou que os casos de supressões de árvores só são executados quando o indivíduo não for sadio ou não estiver equilibrado. "Ambas as situações tornam a árvore com alto grau de risco de queda e então, o direito ambiental cede força para outros direitos, como o de propriedade, pois a árvore pode cair e danificar alguma propriedade, e o direito à vida, uma vez que pessoas e animais podem ser atingidos pela queda da árvore e perderem a vida", comentou.

Há também casos, conforme o secretário, em que é necessário também que a árvore, mesmo que sadia e equilibrada, seja suprimida, por conta de estragos em edificações, por impedir a locomoção de pessoas, risco de danos elétricos, bem como o risco de danificação da rede de água e esgoto, ou mesmo de tubulação de gás natural.

Cada pessoa pleiteia à Prefeitura a poda ou a supressão das árvores que entenda estar prejudicando algum direito individual seu, sendo dever da Prefeitura analisar cada caso e decidir o que será feito, sempre com base em normas técnicas vigentes no município.


22/01/2024

Arborização + Segura: Prefeitura inicia o plantio de mudas de árvores no bairro Santa Rita


A compensação é de 5 para cada 1, com árvores de porte adequado

Por CCS / Publicado em 19/04/2024

A Prefeitura de Piracicaba, por meio das secretarias de Obras e Zeladoria (Semozel) e Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), iniciou ontem, 18/04, a compensação de mudas no bairro Santa Rita, dentro do programa Arborização + Segura, executado pela CPFL Paulista. O programa da companhia prevê a substituição de árvores que podem causar danos às redes de energia elétrica, causando apagões e outros prejuízos, com compensação de plantio de 5 para 1. As novas árvores têm porte adequado, não oferecendo risco para as redes de distribuição de energia.

As mudas selecionadas para o bairro são das espécies ipê, eritrina, angico e louro-pardo. A CPFL Paulista já entregou à Prefeitura 2.561 mudas até o momento, que serão plantadas em toda a cidade, incluindo as espécies quaresmeira, grevílea-anã, chal-chal, tamanqueira e pata-de-vaca. Até o momento, as equipes de plantio atenderam, além do Santa Rita, os bairros São Dimas, Campestre, Vila Independência, Bairro dos Alemães, São Judas e Bairro Alto.

As mudas estão sendo plantadas nos locais das árvores substituídas, se não houver risco à rede de energia, ou em locais próximos, como áreas verdes.

O contato das árvores com a rede elétrica pode trazer consequências sérias como o rompimento de condutores, que pode ocasionar acidentes com pessoas, e risco de curto-circuito, com interrupção do fornecimento de energia. As ocorrências acontecem, principalmente, em dias de temporais, com fortes ventos.

A seleção das árvores que estão sendo substituídas foi feita por meio de um rigoroso levantamento técnico que considera os indivíduos que apresentam uma situação crítica e risco à integridade do sistema e à população, seja de queda ou de interferência recorrente na infraestrutura urbana. A partir disso, a substituição é planejada, sempre com avaliação e autorização prévia da Prefeitura.


18/01/2024

Horto de Tupi recebe Círculo de Mulheres no sábado, 20/04


Evento integra calendário do programa Vem Pro Horto, da Prefeitura de Piracicaba

Por CCS / Publicado em 18/04/2024

Com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), o Horto de Tupi recebe no sábado, 20/04, das 9h às 12h, o Círculo de Mulheres, com o tema Mulheres que Quebraram Barreiras: Um Olhar Sobre o Passado Para Inspirar o Futuro. O evento integra o calendário do programa Vem Pro Horto, que tem o objetivo de aproximar a comunidade do Horto e tornar o local um espaço ainda mais voltado à educação sustentável. Os interessados em participar devem se inscrever previamente pelo link https://encurtador.com.br/tuxUW. As vagas são limitadas.

O círculo, que será conduzido por Camila Pimenta, da Curadoria da Alma Feminina, propõe uma reflexão em relação à mulher contemporânea, resgatando histórias vividas por mulheres do passado e os desafios enfrentados em uma sociedade que não permitia muitos espaços, nem direitos. Com a utilização de uma ferramenta desenvolvida pela palestrante, serão propostas reflexões com o intuito de estimular as participantes a entenderem seus processos internos por meio do diálogo com essas histórias e com as suas próprias histórias.

"Nesse encontro, vamos adentrar nas narrativas das mulheres, conectando suas experiências pessoais com um olhar reflexivo sobre o fortalecimento de suas conquistas futuras. O objetivo é destacar o impacto positivo que suas vivências podem ter na construção de uma nova história coletiva, pautada na união e na sororidade. Estes são pilares essenciais para as transformações e conquistas que as mulheres almejam", explicou Camila.

Maria Luísa Bonazzi Palmieri, especialista ambiental do Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA), complementou sobre a relevância da ação. "Na construção de sociedades sustentáveis, o diálogo sobre o papel da mulher no mundo contemporâneo é fundamental. Assim, o Círculo de Mulheres será um espaço de trocas e reflexões abertos a todas as mulheres", disse.

O programa Vem pro Horto foi criado em 2016, tem realização da Prefeitura, por meio da Simap, IPA, Fundação Florestal e Laboratório de Educação e Política Ambiental ? Oca, além de diversos parceiros. Sua programação é construída de forma participativa no início de cada ano.

"O Vem pro Horto é um programa muito especial, pois promove a integração de diversas pessoas e instituições que atuam em Piracicaba, na construção coletiva de atividades que integram o meio ambiente e a educação ambiental com diversas temáticas", completou Laís Ferraz de Camargo, educadora ambiental da Simap.

SERVIÇO - Círculo de Mulheres. Sábado, 20/04, das 9h às 12h, no Horto de Tupi. Inscrições, limitadas, pelo link: https://encurtador.com.br/tuxUW.


09/01/2024

Embaixadores ESG: cerimônia homenageia personalidades relevantes para o fomento da agenda na cidade


Ao todo, 11 pessoas foram homenageadas, em solenidade que aconteceu ontem, 09/04, na Fumep

Por CCS / Publicado em 10/04/2024

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) realizou ontem, 09/04, no salão nobre da Fumep (Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba), a cerimônia de entrega das homenagens aos Embaixadores ESG; ao todo, 11 pessoas receberam o título, por serem consideradas condutores do tema, que contribuem estrategicamente para o fomento da cultura ESG, bem como têm colaborado com o avanço do Programa de Desenvolvimento e Certificação, idealizado pelo Executivo.

Os homenageados foram: Debora de Paula Rodrigues, Yoon Jung Kim, Fabio André Martins Bonilha, Fernando Simões Filho, João Paulo Pacifico, Thales Gomes Demarchi, Rachel Maia, Adalberto Maluf e Ricardo Martins. O prefeito Luciano Almeida e o titular da Simap, Alex Gama Salvaia, também receberam a honraria.

"É preciso reconhecer a notoriedade destes profissionais que se dedicam às premissas do ESG dentro de suas empresas, mas que também levam isso para a sociedade. Esse é o intuito deste título, nomear os embaixadores ESG por seus papéis fundamentais no avanço dessa cultura. São personalidades que têm colaborado com o nosso programa de desenvolvimento e certificação, fortalecendo a condução desse tema em Piracicaba", destacou Luciano Almeida.

Para Salvaia, a honraria viabiliza a expansão do programa para além do âmbito municipal. "A entrega dos títulos de embaixadores ESG foi destinada a pessoas que desempenham um papel relevante para o avanço do programa de desenvolvimento e certificação, mas também a pessoas que estão embarcando nesta jornada agora e que possuem uma enorme capacidade de colaboração com o projeto. Além disso, entregamos também o troféu de Jornada ESG para empresas que já preencheram o questionário para inclusão no programa, e que, agora, poderão utilizar esta marca", explicou.

Fabio Bonilha, gerente de ESG e Inovação da Hyundai Motor Brasil, foi um dos homenageados. "É uma honra receber esse prêmio em nome da Hyundai. Esse reconhecimento é importante porque a Hyundai é comprometida em contribuir com as melhores práticas. Buscamos transmitir nossos conhecimentos e, por meio dos processos de governança, conseguir implementar mudanças reais na sociedade, o que é uma das nossas filosofias principais, que é promover o progresso humano", disse.

A gestora de projetos do Sebrae Débora de Paula Rodrigues destacou a iniciativa do Executivo em ofertar o Programa de Desenvolvimento e Certificação em ESG. ?Ver que o poder público tem essa visão a longo prazo, visão de vanguarda, é muito importante. E é com muita alegria que recebi essa homenagem, o que reafirma o compromisso de me dedicar a ajudar a todos a trilhar esse caminho da melhor forma?, completou.

O PROGRAMA ? O Programa de Desenvolvimento e Certificação em ESG objetiva que as empresas interessadas obtenham a certificação do Executivo que reconhece o comprometimento das organizações em conduzir ações mais éticas e positivamente impactantes à sociedade e ao meio ambiente.

Ao ingressar no programa, a empresa terá sua maturidade em ESG medida em 56 itens organizados em seis dimensões, por meio de respostas dadas por elas mesmas em questionário enviado pela Prefeitura. Com o relatório proveniente da avaliação de todos os itens, a empresa pode obter o selo de Organização ESG ou o selo Jornada ESG. Para assegurar a legitimidade da avaliação, a Prefeitura realizará verificações internas, mantendo a confidencialidade das informações das empresas. O preenchimento do questionário deverá ser feito em até 30 dias após a inscrição.

Entre os benefícios em obter a certificação em ESG estão menor risco reputacional, já que empresas com foco em ESG têm menos chances de crises porque se tornam mais estáveis e consolidadas; retenção de talentos; melhor relação com clientes e com o mercado financeiro, porque iniciativas ESG podem afetar o valor da empresa, tornando-as importante para os investidores e aumentando o próprio valor no mercado.

INSCRIÇÕES - Para integrar o processo dentro do programa é necessário inscrição prévia, pelo link direto https://esg2.com.br/cadastro.

O edital completo do programa pode ser acessado na íntegra no site do Diário Oficial (https://diariooficial.piracicaba.sp.gov.br/2024/02/20/ ? página 39).


08/01/2024

Prefeitura e Governo do Estado entregam obras de desassoreamento no programa Rios Vivos


Ribeirão do Enxofre e córregos Jaú e Itapuã foram contemplados pela iniciativa na cidade

Por CCS / Publicado em 08/04/2024

Em cerimônia realizada na manhã de hoje, 08/04, o prefeito Luciano Almeida, a secretária estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), Natália Resende, e a superintendente do DAEE (orgão regulador de recursos hídricos do Estado), Mara Ramos, oficializaram a entrega das obras de desassoreamento executadas no município, dentro do programa Rios Vivos, realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do DAEE. Ao todo, foram desassoreados três trechos do ribeirão do Enxofre (local do evento), um trecho do córrego Jaú e mais um trecho do córrego Itapuã.

O evento contou ainda com a presença da secretária de Governo da Prefeitura, Tássia Espego; do diretor de bacia do Médio Tietê, Felipe Gobet; e de representantes dos Comitês e Agência das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ). Também houve plantio de mudas nativas, com participação especial dos alunos da Escola Municipal Professor Alceu Marozzi Righetto.

A Prefeitura pleiteou a participação do município no programa por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) e Defesa Civil. A iniciativa visa a revitalização de margens e despoluição de cursos d?água em todo o Estado com a retirada de sedimentos, o que auxilia no combate a inundações e garante mais água e qualidade de vida para a população.

"Essa ação é o resultado da parceria com o Governo do Estado, uma iniciativa simples, mas que gera um benefício grandioso. As obras são de curto prazo, como forma de prevenção de enchentes, mas também é algo que vai ficar para o futuro, principalmente quando analisamos as questões das mudanças climáticas, que trazem ações naturais mais intensas e complexas. Mas além disso, também é uma iniciativa de recuperação de áreas de proteção, o que viabiliza a conscientização ambiental na sociedade", salientou Luciano Almeida.

"Este é mais um trabalho que já tem dado resultado prático. Então, só temos a agradecer ao Governo do Estado, por meio do DAEE, por viabilizar essa parceria", acrescentou Tássia Espego, secretária de Governo.

De acordo com a titular da Semil, Natália Resende, foram retirados 15,4 mil metros cúbicos de material, considerando apenas os trechos desassoreados do ribeirão do Enxofre. A secretária também abordou a importância da educação ambiental quanto à poluição de cursos d?água. ?As obras de desassoreamento trazem uma série de impactos que vemos na prática, desde a mitigação de enchentes, mas também a integração dos rios e ribeirões com a sociedade. Só do ribeirão do Enxofre foram retirados mais de 15 mil metros cúbicos de material, e, nesse ponto, é preciso destacar que muitos dos elementos recolhidos não são provenientes da natureza, mas sim de poluição. Por isso, o programa Rios Vivos é fundamental também para conscientizar na questão da despoluição. O estado de São Paulo tem uma potencialidade hídrica gigantesca, e o programa vem para reforçar essa disponibilidade?, comentou.

A superintendente do DAEE, Mara Ramos, reforçou a relevância da preservação da água e do ambiente em que os cursos d?água estão inseridos. ?A cerimônia de hoje foi para celebrar os resultados do programa Rios Vivos em Piracicaba, que já está se beneficiando. Nosso objetivo é a prevenção de eventos como alagamentos e enchentes e, para isso, nossos rios precisam estar livres de resíduos para poderem escoar. Por isso, esse é um trabalho eficiente, que já foi realizado, neste biênio, em 37 cursos d?água no estado. E o sucesso do Rios Vivos só é possível porque podemos contar com a parceria das prefeituras?, completou.

AS OBRAS ? No ribeirão do Enxofre, as obras de desassoreamento e alargamento de canal foram executadas em três trechos ao longo de sua extensão: o primeiro da avenida Jaime Pereira até a estrada Engenheiro Alberto Morato Krahenbuhl, no bairro Morato; o segundo na avenida Prof. Demóstenes Santos Corrêa, na altura do Ginásio do Jaraguá; e o terceiro na região do Itapuã, na rua Pedro Habechian.

Além dos três pontos no Enxofre, o serviço também foi feito no córrego Itapuã, na avenida Thales Castanho de Andrade, entre as ruas Caçapava e Senador Saraiva. O córrego Itapuã pertence à bacia hidrográfica do ribeirão do Enxofre.

No final do ano passado, ainda dentro do Rios Vivos, o córrego Jaú também recebeu obras de desassoreamento, no trecho o localizado à avenida Jaú, entre as ruas Lins e Presidente Wenceslau Braz, no bairro Tatuapé.

Os pontos que foram desassoreados foram escolhidos por serem regiões fundamentais para que a passagem da água seja facilitada, como forma de prevenir alagamentos, já que há registros recorrentes de extravasamento do ribeirão.

Por isso, as intervenções do desassoreamento consistiram na retirada de materiais como terra, pedras e lodo, que impedem o curso da água e contribuem para o transbordamento.

Os maquinários para realizar o trabalho foram contratados pelo DAEE, mas a preparação dos locais para a entrada dos maquinários e outras ações preliminares necessárias foram feitas pela Prefeitura, por meio da Simap, Defesa Civil e


08/01/2024

Simap realiza cerimônia de homenagem a embaixadores ESG


No total, dez pessoas receberão a homenagem pela relevante contribuição na causa

Por CCS / Publicado em 05/04/2024

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) realiza na próxima terça-feira, 09/04, às 19h, no salão nobre da Fumep (Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba), solenidade de entrega das homenagens aos Embaixadores ESG.

Ao todo, dez pessoas serão homenageadas, por serem consideradas condutores do tema, que contribuem estrategicamente para o fomento da cultura ESG, bem como têm colaborado com o avanço do Programa de Desenvolvimento e Certificação, idealizado pelo Executivo.

O objetivo é enaltecer a participação e a iniciativa dos embaixadores na cooperação para a disseminação das premissas do ESG na cidade.

SERVIÇO - Solenidade de entrega das homenagens aos Embaixadores ESG. Terça-feira, 09/04, às 19h, no salão nobre da Fumep (avenida Monsenhor Martinho Salgot, 560, Areão).


08/01/2024

Programa Rios Vivos: desassoreamento do ribeirão do Enxofre é concluído


No total, três trechos do ribeirão foram atendidos; pontos foram escolhidos estrategicamente para evitar alagamentos

Por CCS / Publicado em 05/04/2024

A Prefeitura, em conjunto com o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), concluiu os serviços de desassoreamento e alargamento de canal no ribeirão do Enxofre, executado em três trechos ao longo de sua extensão. As obras foram viabilizadas pelo programa Rios Vivos, realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do DAEE, o qual a Prefeitura pleiteou a participação do município pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap) e Defesa Civil.

O primeiro trecho contemplado foi da avenida Jaime Pereira até a estrada Engenheiro Alberto Morato Krahenbuhl, no bairro Morato. O segundo foi na avenida Prof. Demóstenes Santos Corrêa, na altura do Ginásio do Jaraguá. Os serviços atenderam ainda o terceiro trecho na região do Itapuã, na rua Pedro Habechian.

Os pontos que foram desassoreados foram escolhidos por serem regiões fundamentais para que a passagem da água seja facilitada, como forma de prevenir alagamentos, já que há registros recorrentes de extravasamento do ribeirão. No ponto próximo à avenida Jaime Pereira, por exemplo, em dias de fortes chuvas, chega a ocorrer obstrução das galerias de águas pluviais, por conta do excesso de lodo e resíduos que se acumulam nas portas.

Por isso, as intervenções do desassoreamento consistiram na retirada de materiais como terra, pedras e lodo, que impedem o curso da água e contribuem para o transbordamento.

Os maquinários para realizar o trabalho foram contratados pelo DAEE, mas a preparação dos locais para a entrada dos maquinários e outras ações preliminares necessárias foram feitas pela Prefeitura, por meio da Simap, Defesa Civil e demais secretarias.

Semozel executa agora o plantio de mudas nativas às margens do ribeirão, como jequitibá, açoita-cavalo e pau-d?alho.

CÓRREGO ITAPUÃ - Além dos três pontos de desassoreamento no ribeirão do Enxofre, o serviço também foi executado no córrego Itapuã, na avenida Thales Castanho de Andrade, entre as ruas Caçapava e Senador Saraiva. O córrego Itapuã pertence à bacia hidrográfica do ribeirão do Enxofre.

VISITA - Na próxima segunda-feira, 08/04, será realizada a apresentação oficial dos resultados do programa Rios Vivos na cidade. A secretária estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), Natália Resende, e a superintendente do DAEE, Mara Ramos, devem participar do evento ? a ser celebrado às margens do ribeirão do Enxofre. Também haverá um plantio de mudas nativas no local.

CÓRREGO JAÚ - No final do ano passado, Piracicaba foi contemplada dentro do Rios Vivos para serviços de desassoreamento no córrego Jaú; a obra foi finalizada nesta semana. Além disso, a Prefeitura tenta ainda atender mais um ponto junto ao DAEE: o córrego Itapuã, na avenida Thales Castanho de Andrade, entre as ruas Caçapava e Senador Saraiva.


04/01/2024

Programa Arborização + Segura segue no município


Convênio firmado com a CPFL prevê a substituição de árvores que afetam as redes de energia, com compensação de plantio de cinco para uma

Por CCS / Publicado em 04/04/2024

A Prefeitura de Piracicaba, por meio das secretarias de Obras e Zeladoria (Semozel) e Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), segue com o plantio de mudas na cidade no programa Arborização + Segura, executado pela CPFL Paulista. O programa da companhia prevê a substituição de árvores que podem causar danos às redes de energia elétrica, causando apagões e outros prejuízos, com compensação de plantio de 5 para 1. As novas árvores têm porte adequado, não oferecendo risco para as redes de distribuição de energia.

Até o momento, as equipes de plantio da Simap atenderam, na primeira etapa do programa, os bairros São Dimas, Campestre, Santa Rita, Vila Independência, Bairro dos Alemães, São Judas e Bairro Alto.

A CPFL é a responsável pelo fornecimento das mudas, que, entre as espécies, tem araçás, pitangueiras, babosa-branca, cereja-do-riogrande, quaresmeiras, ipê branco, ipê amarelo, pata de vaca, aldrago, pitanga, canudo de pito, entre outras. A Simap, responsável pelo plantio das mudas, é quem mapeia os locais onde as novas árvores são plantadas.

SANTA RITA - No bairro Santa Rita, a CPFL executou, nesta semana, a substituição de pouco mais de 20 árvores. O titular da Semozel, Marcio Marino, esteve na região na manhã de hoje, 04/04, para acompanhar o recolhimento dos resíduos na região.

"Foi feita a supressão de pouco mais de 20 árvores que estavam interferindo na rede de energia. É um serviço necessário como medida de segurança, para evitar que, em dias de chuva e ventos fortes, uma possível queda afetasse a fiação ou os postes, causando apagões no bairro ou até mesmo curto-circuito. Porém, as supressões serão compensadas com o plantio de cinco mudas para cada uma árvore retirada. As mudas que serão plantadas já são mudas desenvolvidas, com cerca de dois metros de altura, para que o crescimento dessa nova árvore seja mais rápido", explicou.

Marino salientou também que a Prefeitura tem fiscalizado os serviços da CPFL Paulista. "Temos um acordo com a CPFL sobre o recolhimento dos resíduos das supressões, que deve ser feito em até três dias. Caso não seja cumprido, vamos notificar a autuar a companhia", completou.

PROJETO - A seleção das árvores que serão substituídas foi feita por meio de um rigoroso levantamento técnico que considera os indivíduos que apresentam uma situação crítica e risco à integridade do sistema e à população, seja de queda ou de interferência recorrente na infraestrutura urbana. A partir disso, a substituição é planejada, sempre com avaliação e autorização prévia da Prefeitura.

O programa contempla cinco aspectos: urbanismo e paisagismo; acessibilidade das calçadas; educação ambiental; segurança, que inclui redução de queda de árvores e acidentes, iluminação pública e sinalização de trânsito; e infraestrutura e energia.

O contato das árvores com a rede elétrica pode trazer consequências sérias como o rompimento de condutores, que pode ocasionar acidentes com pessoas, e risco de curto-circuito, com interrupção do fornecimento de energia. As ocorrências acontecem, principalmente, em dias de temporais, com fortes ventos. Em 2023, a Prefeitura registrou a queda de aproximadamente 400 árvores durante dias de chuva ? algumas delas caíram justamente sobre as redes de energia, acarretando em interrupções do fornecimento.


04/01/2024

ESG: Prefeitura apresenta programa de certificação para representantes da Região Metropolitana


Encontro divulgou benefícios do projeto e discutiu as necessidades de incorporação da cultura ESG no poder público municipal

Por CCS / Publicado em 03/04/2024

Em encontro na Acipi na manhã de hoje, 03/04, o prefeito Luciano Almeida e o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), Alex Gama Salvaia, apresentaram o Programa de Desenvolvimento e Certificação em ESG, idealizado pelo Executivo, para representantes da Região Metropolitana de Piracicaba (RMP). O objetivo foi divulgar o conceito, os objetivos e os benefícios do programa, bem como discutir as necessidades da incorporação da cultura ESG pelo poder público municipal.

"A adequação à cultura ESG começa nas empresas mas também no setor público, que, de uma forma geral, já é pautado em questões ambientais, sociais e de governança. Sendo assim, a implementação do programa em Piracicaba é a evolução de um processo que já ocorre em muitos lugares pelo mundo; é um primeiro passo que, agora, pode ser estendido a outros municípios. Assim será possível fazer com que essa cultura chegue à sociedade. Esse é o caminho", salientou Luciano Almeida durante o encontro.

Salvaia ainda complementou que, além do programa, mais ações estão sendo desenvolvidas para expandir o ESG na cidade. "Nossa ideia é começar a integrar a RMP à agenda, tornando o ESG mais conhecido e, em consequência, possibilitar que as adequações, seja pelo poder público, iniciativa privada e sociedade, aconteçam a curto, médio e longo prazo. E, concomitantemente, estamos agora elaborando um projeto de inserção do ESG na grade curricular das escolas. Queremos, no segundo semestre, aplicar um piloto desse projeto, nas salas dos quintos anos do ensino municipal, mas também temos a intenção de ampliar isso para o ensino estadual técnico", explicou.

Apresentado oficialmente em 22/02, o Programa de Desenvolvimento e Certificação em ESG objetiva que as empresas interessadas obtenham a certificação do Executivo que reconhece o comprometimento das organizações em conduzir ações mais éticas e positivamente impactantes à sociedade e ao meio ambiente.

Ao ingressar no programa, a empresa terá sua maturidade em ESG medida em 56 itens organizados em seis dimensões, por meio de respostas dadas por elas mesmas em questionário enviado pela Prefeitura. Com o relatório proveniente da avaliação de todos os itens, a empresa pode obter o selo de Organização ESG ou o selo Jornada ESG. Para assegurar a legitimidade da avaliação, a Prefeitura realizará verificações internas, mantendo a confidencialidade das informações das empresas. O preenchimento do questionário deverá ser feito em até 30 dias após a inscrição.

Entre os benefícios em obter a certificação em ESG estão risco reputacional baixo, já que empresas com foco em ESG têm menos chances de crises, uma vez que se tornam mais estáveis e consolidadas; retenção de talentos; melhor relação com clientes e com o mercado financeiro, porque iniciativas ESG podem afetar o valor da empresa, tornando-as importante para os investidores e aumentando o próprio valor no mercado.

Representando a cidade de Cordeirópolis, o diretor de inovação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Edvaldo Antonio de Oliveira, participou do evento e garantiu que o município vai aderir ao programa. "É uma iniciativa que aborda um tema necessário e viabiliza que empresas e também o poder público façam um planejamento das ações fundamentais para iniciar esse caminho do ESG. Queremos, agora, levar esse programa para Cordeirópolis, para dentro das secretarias municipais, apresentar aos gestores, e, assim, incutir a cultura ESG na nossa cidade", declarou.

INSCRIÇÕES - Para integrar o processo dentro do programa é necessário inscrição prévia, pelo link direto https://esg2.com.br/cadastro.

O edital completo do programa pode ser acessado na íntegra no site do Diário Oficial (https://diariooficial.piracicaba.sp.gov.br/2024/02/20/ - página 39).


04/01/2024

Prefeitura realiza Campanha de Páscoa para promover a adoção de cães do Departamento de Bem-Estar


Estão disponíveis 21 cães, já vacinados, castrados e microchipados

Por CCS / Publicado em 28/03/2024

Como forma de encontrar um lar definitivo para os animais do Departamento de Bem-Estar Animal (DBEA), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), lança hoje, 28/03, a Campanha de Páscoa, apresentando 21 cães que estão disponíveis para adoção.

Os bichinhos são vacinados, castrados, microchipados e socializados. Todos vivem no DBEA após serem resgatados, vítimas de maus tratos, abandono e negligência.

Para conhecer os animais e iniciar o processo de adoção, é necessário entrar em contato com o Departamento de Bem-Estar Animal pelo telefone 3427-2721 e agendar uma visita. Depois, o interessado em adotar passa por uma avaliação, para garantir que cada pet seja encaminhado para um ambiente saudável, promovendo a posse responsável. Somente maiores de 18 anos podem adotar.

Os pets também podem ser conhecidos no Instagram da Prefeitura: @prefeituradepiracicaba.

As doações podem ser entregues diretamente no DBEA, que fica na rua dos Marins, s/n, no bairro Jupiá, ou na Simap, localizada no 9º andar do Centro Cívico, que fica à rua Antônio Corrêa Barbosa, 2.233, Centro.




26/03/2024

Prefeitura recebe caminhão compactador para aprimorar coleta seletiva na cidade


Veículo tem eficiência quatro vezes maior que o caminhão convencional

Por CCS / Publicado em 26/03/2024

A Prefeitura de Piracicaba recebeu dois novos veículos para aprimorar a frota de coleta seletiva e a operação no tratamento de resíduos sólidos no aterro sanitário da cidade. A entrega técnica do caminhão compactador, com capacidade de 4,5 toneladas, e da escavadeira hidráulica foi feita na manhã de hoje, 26/03, na rampa de acesso ao Centro Cívico, com a presença do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), Alex Gama Salvaia, e representantes da Piracicaba Ambiental, concessionária do serviço de coleta e tratamento de resíduos sólidos na cidade, o coordenador operacional Vinicius Munhoz e a gerente comercial Patrícia Santos.

"Seguindo as atualizações que a secretaria tem trabalhado em conjunto com a Ambiental, recebemos hoje mais esses dois equipamentos para melhorar a coleta seletiva e o manejo de resíduos coletados na cidade. Especificamente falando do caminhão compactador, a intenção é que ele substitua três veículos convencionais, porque tem melhor capacidade e facilita a logística", salientou Salvaia.

O caminhão compactador é quatro vezes mais eficiente que o caminhão convencional, com carroceria. ?Estamos fazendo um experimento com o compactador, justamente porque ele é mais eficiente. Além disso, visualmente, traz um impacto maior na comunicação?, explicou Patrícia.

Além do caminhão compactador, foi entregue também uma máquina escavadeira para uso no Ecoparque de Piracicaba, que vai operar no tratamento e disposição de resíduos sólidos no aterro. Portanto, a coleta seletiva e o catacacareco no município tem à disposição 12 caminhões, sendo agora 1 caminhão compactador em caráter de testes.

"A Ambiental fica com a coleta e destinação final dos resíduos, que são levados para as cooperativas de reciclagem cadastradas no município", acrescentou Munhoz.

Também participaram da entrega Danilo Baio, diretor de unidade; Sérgio Marques, gerente operacional ; e Paula Doriguello, coordenadora operacional da Ambiental.

Mais informações sobre a coleta seletiva, como horários, bairros e que tipos de resíduos são aceitos, podem ser acessadas em https://simap1.wixsite.com/simap/coleta-seletiva.


21/03/2024

Portal do Cemitério da Saudade é reinaugurado após revitalização


Prefeito Luciano Almeida e secretário de Meio Ambiente, Alex Salvaia, estiveram na cerimônia de entrega da obra

Por CCS / Publicado em 21/03/2024

O prefeito Luciano Almeida e o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), Alex Gama Salvaia, oficializaram hoje, 21/03, a reinauguração do Portal do Cemitério da Saudade, que passou por serviços de revitalização, com limpeza e pintura total. As intervenções seguiram as diretrizes determinadas pelo Codepac (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural), já que o Portal é tombado como patrimônio histórico-cultural, por meio do Decreto 10.019/2002.

A última intervenção no Portal foi realizada há 18 anos, na ocasião do centenário do monumento. Entre os serviços executados, estão limpeza total do Portal, tratamento de fissuras, aplicação de material impermeabilizante e raspagem, para retirar o material anterior para garantir uma fixação melhor da nova pintura. A revitalização foi feita no Portal, no átrio de entrada e nos muros do Portal.

A iniciativa foi uma solicitação do Codepac em comum acordo com a Simap. Os reparos foram executados em parceria com o Memorial Administradora de Planos de Assistência Funerária e Outlet Tintas.

"É preciso enaltecer e agradecer a parceria que fizemos com o setor privado para viabilizar a revitalização da pintura do Portal do Cemitério da Saudade. Nada é feito sozinho e a união dos setores público e privado sempre é um bom caminho, justamente porque todos possuem o mesmo objetivo de cuidar da cidade", disse Luciano Almeida.

O prefeito ressaltou também que o Cemitério da Saudade é também um espaço turístico. "O cemitério é lugar de turismo também, tem esse viés, e, por isso, esse trabalho realizado reafirma o local como área de visitação para além das datas específicas. É uma forma de conhecer a cidade, afinal, existem muitas pessoas importantes sepultadas no Cemitério da Saudade, como primeiro presidente civil do Brasil, Prudente de Moraes", contou.

"Quero agradecer a iniciativa dos parceiros pela colaboração nessa revitalização. Sabemos do esforço que foi, mas isso demonstra o zelo e o carinho que todos temos pela cidade", destacou Salvaia.

As diretrizes para a intervenção no Portal foram estabelecidas após contratação de empresa especializada, que analisou e emitiu relatório determinando tipos de materiais e cores para pintura, a fim de manter a originalidade do monumento.

"Conheço muitos cemitérios no Brasil e no exterior, mas não existe um portal como esse. É muito bonito, um orgulho para Piracicaba", acrescentou o diretor do Memorial, Carlos Longatto.

"Fizemos essa parceria para revitalizar esse monumento tão bonito, e foi tudo executado com muita qualidade. Ficou lindo", completou Cláudio César Fernandes, gerente da Outlet.

Participaram também da cerimônia de entrega da obra os vereadores Josef Borges e Paulo Camolesi.

PORTAL HISTÓRICO - O Cemitério da Saudade ? e seu portal ? são elementos de relevância fundamental para a história de Piracicaba: teve início em 1860 e surgiu da necessidade dos imigrantes alemães, que estavam na cidade, de serem sepultados em um local próprio, já que a Igreja Católica, detentora dos cemitérios no Brasil, não permitia o sepultamento de pessoas de outras religiões à época.

Os protestantes, então, solicitaram à Câmara Municipal um terreno, que foi cedido em 1860 a área onde hoje encontra-se o atual Cemitério da Saudade.

Porém, com o crescimento da cidade, o antigo cemitério de Piracicaba, que se localizava na atual Praça Tibiriçá, onde fica hoje a Escola Estadual Moraes Barros, passou a enfrentar vários problemas, como localização muito próxima do centro da cidade, problemas na conservação e administração do local, falta de condições sanitárias, dentre outros.

Por isso, a Câmara decidiu mudar definitivamente o cemitério público para o Cemitério da Saudade, em 1872, sendo inaugurado no dia 2 de dezembro daquele ano. Dessa forma, o Cemitério dos Protestantes e o Cemitério da Saudade passaram a coexistir na mesma área, sendo separados por um muro.

O PORTAL - No ano de 1906, o então vereador Francisco Morato propõe a construção do portal, o que ocasionou na derrubada definitiva do muro que separava os sepultados de diferentes religiões; foi projetado por Serafino Corso e construído por Carlos Zanotta. É uma construção de caráter monumental, com inspiração no Arco do Triunfo, clássico e tem o estilo eclético pela liberdade estética com que foram usados os elementos clássicos.

Na entrada, há quatro figuras em relevo representando serafins e querubins, todas diferentes entre si. O portão de ferro foi trazido da Alemanha pelo arquiteto Serafino Corso e a epígrafe Omnes Similes Sumus foi pintada em 1941 pelo artista Joca Adâmoli, atendendo ao pedido do prefeito José Vizioli.

PERSONALIDADES - Entre as personalidades sepultadas no Cemitério da Saudade estão Prudente de Moraes, o primeiro presidente civil do Brasil; Almeida Júnior, um dos maiores expoentes das artes plásticas do país; os Barões de Rezende e da Serra Negra; Padre Galvão; Dr. Alfredo Cardoso; o cururueiro Parafuso; Ditinha Penezzi, a primeira vereadora mulher eleita; Erotídes de Campos; Thales Castanho de Andrade, precursor da literatura infantojuvenil no Brasil; Cobrinha; Branca de Azevedo; Olívia Bianco; e Luciano Guidotti. Os túmulos de Prudente de Moraes, Almeida Júnior e José Pinto de Almeida são tombados, assim como o Portal. O conjunto dos protestantes, as lápides mais antigas do local, estão em processo de tombamento. O local também conta com sepulturas de personalidades consideradas milagreiras, como Nelsinho da Chupeta, Dr. Alfredo Cardoso e Padre Galvão.




19/03/2024

Simap abre inscrições para a 5ª edição do EducaTrilha na Escola


Podem participar escolas municipais, estaduais e particulares de Piracicaba

Por CCS / Publicado em 19/03/2024

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), abriu inscrições para a 5ª edição do EducaTrilha na Escola, programa de educação ambiental, cultural e promoção de saúde e bem-estar realizado com escolas municipais, estaduais e particulares de Piracicaba. O regulamento e o termo de compromisso para a inscrição da escola estão disponíveis em: https://hortodetupi.wixsite.com/educatrilhanaescola/. O primeiro encontro formativo acontece no dia 28/03, das 8h às 11h, no Horto de Tupi.

O EducaTrilha oferece encontros formativos e de tutoria aos professores e tem um papel integrador em relação às demais iniciativas de educação ambiental e cultural no âmbito escolar. O prêmio para as escolas vencedoras é uma viagem pedagógica para os professores a uma área protegida do Estado de São Paulo escolhida pelos participantes.

Maria Luísa Bonazzi Palmieri, especialista ambiental do Instituto de Pesquisas Ambientais, idealizadora e coordenadora do programa, comentou sobre as expectativas da edição de 2024. "No ano passado, o EducaTrilha beneficiou mais de 14.200 pessoas e, neste ano, queremos que seja ainda mais transformador para os professores, estudantes e comunidade, trazendo também a educação inclusiva e o enfrentamento das mudanças socioambientais globais".

"Nesta edição teremos a visita em outras áreas protegidas, como é o caso de Ibicatu, proporcionando diversas imersões e conexões com a natureza, por parte das pessoas participantes do programa", acrescentou Bruno Fernandes, educador ambiental da Simap.

Além da Prefeitura de Piracicaba, o 5ª EducaTrilha na Escola conta ainda com realização do Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA), Corredor Caipira, Laboratório de Educação e Política Ambiental (Oca/ESALQ/USP) e Fundação Florestal (FF). Tem patrocínio da CJ Brasil e apoio das secretarias de Educação (SME) e da Ação Cultural (Semac); Diretoria de Ensino da Região de Piracicaba; Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental (GMEA); Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba (Comdema); Comissão Municipal de Mudanças Climáticas de Piracicaba (Comclima); OSCIP Pira 21; Fundação Triunfo; Movimento Tô Aqui; Instituto CLQ; Imaflora; Rotas Afro; Casa do Hip Hop; Oscip Novo Encanto; Pira na Paisagem; e Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.


15/03/2024

Prefeitura apoia projeto finalista de competição internacional de biodiversidade e tecnologia


Objetivo do encontro, que aconteceu em Brasília, foi de apresentar os benefícios do programa e possibilitar a criação de parcerias com a entidade

Por CCS / Publicado em 14/03/2024

O titular da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), Alex Gama Salvaia, esteve em Brasília ontem, 13/03, na Confederação Nacional de Municípios, para apresentar o conceito, os objetivos e os benefícios do Programa de Desenvolvimento e Certificação em ESG, idealizado pelo Executivo. Durante o encontro, também foram abordados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil, ação global promovida pela ONU (Organização das Nações Unidas).

"Foi um encontro muito produtivo, no qual pudemos estabelecer parcerias estratégicas para ampliar o alcance do Programa de Certificação em ESG, que já está com quase 100 empresas inscritas. Esperamos divulgar mais novidades em breve", destacou Salvaia.

O programa foi apresentado oficialmente em Piracicaba em 22/02, em um evento no auditório da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), para que as empresas interessadas participem com o intuito de obter a certificação do Executivo que reconhece o comprometimento das organizações em conduzir ações mais éticas e positivamente impactantes à sociedade e ao meio ambiente.

Ao ingressar no programa, a empresa terá sua maturidade em ESG medida em 56 itens organizados em seis dimensões, por meio de respostas dadas por elas mesmas em questionário enviado pela Prefeitura. Com o relatório proveniente da avaliação de todos os itens, a empresa pode obter o selo de Organização ESG ou o selo Jornada ESG, sendo que este último é para as organizações que necessitam aprimorar suas práticas. Para assegurar a legitimidade da avaliação, a Prefeitura realizará verificações internas, mantendo a confidencialidade das informações das empresas. O preenchimento do questionário deverá ser feito em até 30 dias após a inscrição.

Como parte do Programa, as empresas classificadas com os selos Jornada ESG ou Organização ESG participarão da ESG Alliance, encontro para discutir melhorias dos indicadores ESG das organizações.

Entre os benefícios em obter a certificação em ESG estão risco reputacional baixo, já que empresas com foco em ESG têm menos chances de crises, uma vez que se tornam mais estáveis e consolidadas; e relacionamento com o mercado financeiro, porque iniciativas ESG podem afetar o valor da empresa, tornando-as importantes para os investidores e aumentando o próprio valor no mercado.

INSCRIÇÕES - Para integrar o processo dentro do programa é necessário inscrição prévia, pelo link direto https://esg2.com.br/cadastro.

O edital completo do programa pode ser acessado na íntegra no site do Diário Oficial (https://diariooficial.piracicaba.sp.gov.br/2024/02/20/ página 39).

12/03/2024

Recicla Pira: Prefeitura lança projeto de educação ambiental para as escolas municipais


Objetivo é conscientizar e engajar a comunidade para construção de um município mais sustentável

Por Educação / Publicado em 08/03/2024

Prefeitura de Piracicaba, por meio das Secretarias Municipais de Educação e de Infraestrutura e Meio Ambiente, lançou na tarde de ontem, 07/03, no anfiteatro da SME, o projeto Recicla Pira, que prevê ações voltadas para a conscientização e engajamento da comunidade para construção de um município mais sustentável.

O prefeito Luciano Almeida, junto com os secretários de Educação, Bruno Roza, de Infraestrutura e Meio Ambiente, Alex Gama Salvaia, e o dirigente regional de ensino, Fábio Negreiros, estiveram presentes para a abertura do evento. Na oportunidade, as equipes das secretarias envolvidas apresentaram o projeto aos gestores da Rede Municipal de Educação.

O projeto-piloto contempla a participação de 10 escolas municipais, e concentrará suas ações nas turmas da educação infantil, abrangendo os alunos dos Jardins I e II, e os anos finais do Ensino Fundamental I, envolvendo os alunos do 5º ano. Em breve, o projeto será expandido para as demais escolas da rede.

As práticas desenvolvidas para o projeto serão registradas pelas escolas municipais por meio de portfólios, os quais serão analisados pela equipe da Secretaria Municipal de Educação. A escola que atender aos critérios de avaliação e tiver maior pontuação será selecionada (uma de cada segmento) e premiada com uma visita pedagógica (local a ser definido).

?O Recicla Pira não é apenas um projeto; é um compromisso com o futuro, um chamado à ação para todos nós. Queremos ir além do ensino formal e promover a conscientização desde cedo. Quero incentivar cada cidadão de Piracicaba a abraçar o Recicla Pira e a fazer a diferença?, destacou o prefeito Luciano Almeida, durante o evento.

O secretário de Educação, Bruno Roza, destacou que o projeto é uma maneira de moldar a consciência ambiental desde cedo, cultivando valores que se estenderão por toda a vida escolar e além. "A educação desempenha um papel fundamental na formação de cidadãos conscientes e responsáveis. Temos mais de 37 mil alunos na rede e a ideia é que eles sejam multiplicadores dessas ações. O Recicla Pira é um passo concreto nessa direção."

O secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Alex Salvaia, destacou o papel das crianças como agentes de mudança. "Ao educarmos as crianças sobre a importância da separação adequada de resíduos, não apenas estamos construindo uma consciência ambiental desde cedo, mas também as capacitando a serem catalisadoras de mudança em seus próprios lares."



12/03/2024

Prefeitura apoia projeto finalista de competição internacional de biodiversidade e tecnologia


Objetivo é usar conhecimento para identificação das espécies da fauna e flora no município

Por CCS / Publicado em 11/03/2024

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), apoia o grupo de pesquisa com sede na Esalq-USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, campus da Universidade Estadual de São Paulo) que é finalista de uma competição internacional de biodiversidade e tecnologia. O projeto busca mapear a biodiversidade das florestas tropicais e as tecnologias desenvolvidas na etapa de pesquisa no Brasil que podem ser usadas para identificação das espécies da fauna e flora no município.

O grupo Brazilian Team é formado por cerca de 100 professores e pesquisadores de várias instituições brasileiras e alguns estrangeiros, coordenados pelo professor da Esalq/USP, Vinicius Souza Castro. A equipe é uma das seis finalistas do XPRIZE Rainforest, competição internacional de biodiversidade e tecnologia com prêmio total de US$ 10 milhões. Em caso de vitória na final da competição, que acontecerá em julho na Amazônia, o valor recebido vai ser usado em pesquisas e ações de levantamento da biodiversidade das florestas tropicais.

A analista ambiental da Simap Juliana Gragnani, que compõe a equipe de pesquisadores, acompanhou o grupo na viagem a Manaus e Rio Preto da Eva, no estado do Amazonas, que aconteceu entre os dias 24 e 29 de fevereiro, para fazer uma ambientação na Floresta Amazônica. Esta etapa foi importante para testar equipamentos e metodologias no ambiente onde vai acontecer a competição.

?Essas tecnologias que estão sendo desenvolvidas para estudar a floresta podem ser usadas nas nossas áreas protegidas aqui em Piracicaba, por exemplo?, explica.

O professor da pós-graduação em recursos florestais na Esalq-USP, e coordenador da equipe de Sensoriamento Remoto do Brazilian Team, Paulo Guilherme Molin, explica que esse período de imersão na Amazônia permitiu testar soluções para realizar diagnósticos mais eficientes, em vastas áreas, com o mínimo de interferência humana. "O resultado é uma metodologia que permitirá, por exemplo, melhorar processos de licenciamento ambiental e monitoramento de projetos de restauração, contribuindo para a gestão de projetos ambientais."


05/03/2024

Prefeitura recebe 5 novos veículos para serviços de limpeza pública


Novos caminhões de coleta de lixo têm estampas que incentivam adoção de animais e valorizam arte de Piracicaba

Por CCS / Publicado em 05/03/2024

A Prefeitura de Piracicaba recebeu cinco novos veículos para renovação da frota de coleta de lixo e operação no tratamento de resíduos sólidos no aterro sanitário da cidade. Dois dos novos caminhões que serão usados na coleta trazem estampas que incentivam a adoção de animais e valorizam a arte e paisagens da cidade, com desenhos feitos pelo artista Diógenes Moura, que mostram o rio Piracicaba e a Rua do Porto.

A entrega técnica dos veículos foi feita na manhã de hoje, 05/03, na rampa de acesso ao Centro Cívico, com a presença do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), Alex Gama Salvaia, e representantes da Piracicaba Ambiental, concessionária do serviço de coleta e tratamento de resíduos sólidos na cidade, Danilo Baia, diretor de unidade da empresa, e Sérgio Marques, gerente operacional e de contratos.

Foram entregues dois caminhões compactadores para serem usados na coleta de lixo, e dois caminhões roll on e um trator